13.4.04

...and moscow girls make me sing and shout

Dia desses chateando e trocando linques com um chapinha do Ridjanêro, concluí que DEFINITIVAMENTE as mulheres do Leste Europeu fazem as melhores putas.

1) São realmente liberadas e pelo menos não tão catolicamente castradas quanto as latinas.
2) São peitudas e com bundas normais que não desfiguram o corpo.
3) Não precisam inventar nome de guerra algum: já nascem Galinas, Lubas, Valeskas... com sobrenomes pomposos e pornográficos também.

Segundo a saudosa Madame, na França, inclusive, o ato de bancar a puta é normalmente apelidado de "faire la Natasha".

J'adore.