30.6.04

Tão cansada que não sinto mais a parte debaixo do corpo. Minhas Doc Martens tem ferro no solado e eu nunca percebi? Deveria começar a usar meias Kendall? Hum. Só mais dois dias e "férias". Entre aspas, lógico. Desviei cachaça da cozinha hoje e bebi escondido. Ypióca Ouro é *o* futuro, hein? G-a-m-e-i. Ou era o cansaço?

Peguei um livro ótimo chamado Comiendo con Marcel Proust. É claro que eu sempre tive preguiça de ler Proust, mas nada me impede de tentar reproduzir as receitas prediletas dele, certo? O subtítulo é Comida da Belle Époque e, logicamente, tem algumas daquelas punhetagens que francês fresco e clássico gosta (tipo aspic. odeio aspic. é muito cafona e nojento), mas também tem uma carnes de passar mal só de ler. Com aqueles meeegamolhos maravilhosos de fazer... Alguém compra codornas pra mim?

E quinta, hem? Final de The Block. No começo eu não engolia, porque detesto sotaque australiano, mas de repente viciei. Eu aposto na Fiona e no Adam. Ou na Kylie e no Paul. Foda-se quem matou Lineu. O negócio é saber quem vai ganhar o leilão.

Cansaço, vio? E tenho lida pela frente. Meu cu. Dois anos sem férias. Argh.