21.11.04

Odiamos shopping center. Odiamos Natal. Odiamos a combinação dos dois.

Séculos para achar vagas. Não dirijo há meses, mas percebi que sou uma manobrista prendada. Vou tentar tirar um trocado com isso.

Então caçamos um vestido "de mocinha" para que eu me apresentasse "de acordo" com meu irmão-doutor em sua formatura. Acho que ando muito mão-de-vaca, porque não pagaria 500 reais num lindo vestido de bolinhas coloridas até o joelho (pq eu acho longo o *auge* da cafonalha), mas se querem me dar de presente, eu aceito. E aceito também aquele escarpin verde-água, por favor, porque meu lado travesti go-za com estas coisas.

A Iódice dá champa sabia? Então eu aguentei aquelas roupas medonhas só pra beber tranqüilamente. Meu lado bêbado estava tão guloso que meu lado proto-enófilo se esqueceu de avaliar as qualidades e o perlage. Haha. Quanta roupa medonha, deus meu. E o vendedor queria que eu levasse algo. Uma delas fez com que eu me sentisse uma cafetina vietnamita. Imagine. Só faltou o lequinho.

E por que diabos os espelhos de loja são tão escrotos? Numa delas, de luz fluorescente, eu parecia uma cardíaca com um corpo de mapa hidrográfico. Em outro, minha coxa era a casca de laranja mais deprimente do mundo (DMAE djá!). Na MNG - que é um clássico - a sensação é estar num parques de diversões com espelhos que esticam verticalmente.

E depois de várias entradas e saídas de estacionamentos e shoppings, depois de ter que presenciar várias crianças-choronas-por-falta-de-surra (nelas e nos pais) e adolescentes-com-cara-de-cu (alô, idiota! acha a sua vida uma bosta agora? pois ela fica pior ainda mais tarde!) você já perde a noção de onde parou seu carro. "hmmm... seria no piso China-D-4? Pêssego 9? G50587?". Estranho mesmo é ouvir Belle & Sebastian no estacionamento de algum desses shoppings aí. Asleep on a Sunbeam. Hein?

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Também odeio. Fui ao Q Bazar e achei tudo uma boixxta. Preciso de um vestido pra ir a um casamento. Alguém me avisa.
Próximo finde tô de folga, graças a Deus. Chega de a gente nunca se encontrar.
Vi*

1:51 PM  
Anonymous Anônimo said...

Ah, então a gente pode se encontrar no bazar do AMP.

2:45 PM  

Postar um comentário

<< Home