4.2.05

Então... Feliz Ano Novo e espero que tenham tido um bom Natal. O meu foi muito bom, porque eu fiz por merecer. Senão teria sido outra bosta, como sempre. Também mereci férias e acho que não mereço trabalhar. Mas aí preciso fazer por merecer um sugardaddy. E no geral eles são muito asquerosos. Então eu esqueço da idéia.

Mas o fato é que agora eu aderi à velha moda de escrever em papel. Paguei caro num moleskine e ainda acho que posso fazer dele uma coisa interessante. Apesar do meu talento zero para desenhar, preferi um que não fosse pautado. No máximo vou conseguir linhas tortas, mas tudo bem.

E agora também gostei de escrever nos livros que eu estou lendo. Me pareceu genial de cara, mas assim são todas as minhas idéias logo que eu as tenho. Vamos ver no que dá.

E eu também voltei de férias para chafurdar na lama trabalhal novamente. O que é muito triste. Mas tenho uns planos para 2005. Do tipo anti-sabbatical, pra citar o Coupland que está na minha cabeceira (na minha bolsa e no busão) ou mesmo só para cantarolar com propriedade It's always better on holiday, so much better on holiday, that's why we only work when we need the money.

Grandes férias me aguardam. E depois eu falo alguma coisa dos meus 30 dias em outra dimensão. See ya.