28.2.05


Paz, quando ainda era gente... Posted by Hello

Paz Vega - a linda e fofa Paz Vega - deixa de ser gente normal para pagar de cucaracha em sua *estréia* em Hollywood, Spanglish.

Agora todo mundo já sabe o que acontece. Daqui em diante ela vira um estereótipo ambulante. Uma esterótipa gostosa, como as colegas Cruz e Hayek (que ontem carregaram super no sotaque pra fazer a homarada cruzar as pernas), claro. Mas ainda assim um estereótipo.

Com sorte, daqui a alguns anos, Paz Vega vai pagar mico como o colega Banderas, que já paga de latinão hace tiempo, fez ontem. De camisa branca, calça preta e picumã cafona, lá foi ele cantorolar a música do Mickey Mouse comuna. Ao lado dele, o mala da punhetagem guitarrista mexicana. O cenarinho fazia lembrar Zorro, né? Aquela coisa empoeirada. Árida. Pra completar uns tapinhas na coxa. Salma Hayek e seu par de peitos fizeram questão de traduzir um trecho da música para a platéia inguinorante. Que glória ter uma canção em espanhol ganhando o Oscar.

Bom mesmo foi o tal Drexler, Dexter, Webster. Foi lá e cantou como devia ser cantado.

E o Oscar, graças a deus, passou rápido. Mas eu não consegui ver os vestidos, a parte que interessa, óbvio. Sem tecla SAP - e só com um casal de SAPAS - me restou fazer meu próprio personal commentator tabajara em cima daquela aberração da rede bobo e da tnt.

7 Comments:

Anonymous Alborghetti said...

Pelo menos ela vai ficar em Paz com a conta dela no banco.
A Salma tá. Porque ela pelo menos fez a Frida e arrasou na gaivota do olhar. Adoro a cena do banho de ÔRO no busão.
E o qui qui era aquele José Wilker dando uma de Rubens e aquele outro véio que adora olhar por fora do óculos? Tá contando história de ninar pro neto?
Pra que merda ele usa um óculos se olha sempre por fora dele?
O Rubinho e a Marília Gianechinni era mais batutas: a bicha fanática e a fag-hag sempre no truque da inteligência na meia-idade.

9:02 PM  
Blogger gabi said...

Ah, prefiro a Paz pobrinha. Ou pelo menos que se vendesse melhor, né? Eu já vislumbrava um futuro lindo pra ela. Mas fazer o que?

Nossa, eu tinha até esquecido da rubicha-meda. onde ele estava?

9:07 PM  
Anonymous Alborghetti said...

Dessa vez tava lavando louça na casa da Marília Pêra.

9:13 PM  
Blogger gabi said...

hahaha, a racha nao tem lava-louça?

9:19 PM  
Anonymous Alborghetti said...

Que nada! A Marília é super Greenpeace e é contra o desperdício de água.

9:26 PM  
Blogger gabi said...

ai, será que ela não depila a virilha?

9:45 PM  
Anonymous Alborghetti said...

Ela depila com pinça: diz que tem alergia à cera quente.

9:51 PM  

Postar um comentário

<< Home